Jardim Gráfico no SummerLab 2011

 

CyborgFruits (o abacaxi ciborgue)


Definição de Um Jardim

Um Jardim para Epicuro é um jardim híbrido e auto-suficiente, composto de
mudas de árvores, arbustos, plantas ornamentais, instalações sonoras, projeções digitais e gráficos generativos. Ele é monitorado e tratado por um sistema de sensores e microcontroladores.

Jardim Gráfico

Gráfico produzido a partir dos dados numéricos gerados por sensores ligados a um Arduíno. Os dados (humidade, luminosidade e temperatura) são enviados de um Arduíno para um computador via rádio (Xbee). O gráfico é um organismo que reage sensivelmente aos estímulos do ambiente onde o Jardim está imerso. Ele é um corpo programado em processing.

Um passeio pelo Jardim

atomismo eletricidade poesia jardinagem

Um Jardim para Epicuro hoje. Um Jardim-Corpo definido por proposições atomistas, cinéticas e dinâmicas.

“Corpo é um grupo infinito de partículas relacionando-se por paragens e movimento. São as diferentes velocidades relacionais entre as partículas que definem as particularidades de cada corpo.Portanto o corpo não é definido por sua forma ou função. Forma e funções orgânicas dependem de arranjos de velocidades e ralentações e não vice-versa. O corpo não está sendo compreendido em termos de formas mas de forças interativas, como uma complexa relação entre diversas velocidades, como uma elaborada interação entre partículas infinitas. Corpo é movimento e mobilidade. Corpos são vias, meios. Essas vias e meios são as maneiras como o corpo é capaz de afetar e de ser afetado. O corpo é definido pelos afetos que é capaz de gerar, gerir, receber e trocar. Um corpo não é separável de suas relações com o mundo porque é exatamente uma entidade relacional. Inacabado, ou ainda, inacabável, provisório, parcial, participante- está incessantemente, não apenas se transformando, mas sendo gerado”

Por Eleonora Fabião trecho do artigo Performance e Teatro:poéticas e políticas da cena contemporânea

Galeria

Este slideshow necessita de JavaScript.